A conexão entre nós

Exausto. Essa é a melhor definição pra mim. Hoje passei o dia inteiro acompanhando um trabalho da empresa só que na sede de um prestador de serviço que, aliás, faz parte de um grupo de empresas que eu já conheço há bastante tempo.  Inclusive já postei um dos brindes que recebi desta empresa no ano passado.

Apesar de ter ficado em atividade externa até as 20h, saí de lá revigorado. Foram tantos encontros casuais com pessoas que passaram pela minha vida que isso me encheu de energias. Encontrei a Fabiana, Elias,  Andrea,  João,  Lairta, a prima de uma grande amiga a qual esqueci o nome, um colega de faculdade, dentre outros. Nem eu sabia que iria ter tantos encontros no dia de hoje. Foi no mínimo interessante ver a forma como todos nós estamos conectados. Receber afetos, trocar gentilezas e retribuir afetos em meio à arquivos de programação, linguagens operacionais e conexões remotas. Aliás “conexão” é a palavra do dia de hoje.

Estamos conectados, uns com os outros. A vida é uma rede refletida hoje nas plataformas sociais da internet. Uma rede onde não basta apenas cruzar em um determinado momento da vida, temos que marcar a vida da pessoa de alguma maneira e sermos marcados. Quando a magia do encontro, mesmo que anos e anos depois, acontece é o mesmo daquele momento onde a amizade surgiu ou onde nasceram os primeiros contatos.

É isso. O cansaço me consome. Agora é desplugar geral da rede e curtir algumas horas off-line na minha cama antes de colocar o corpo em stand-by e cair no sono.

Anúncios